À frente do Serviço de Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular do Hospital das Clínicas (HC-UFMG), em Belo Horizonte, participa do corpo clínico de renomados hospitais da rede privada da cidade. Além de sua atuação como coordenador e cirurgião cardiovascular ele é professor na Faculdade de Medicina da UFMG e está envolvido em diversos projetos de pesquisa. Em 2010, um de seus trabalhos foi premiado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular.

O índice de sucesso dos procedimentos realizados pelo Dr. Gelape é equivalente às estatísticas de hospitais nos Estados Unidos e na Europa. Sua equipe está envolvida no tratamento cirúrgico da insuficiência cardíaca, tendo larga experiência em transplantes cardíacos. Seu serviço de transplantes no HC-UFMG é, atualmente, o segundo maior em número de cirurgias no Brasil e atingiu 87% de sobrevida nos primeiros 30 dias pós-cirurgia no último ano, uma taxa de sucesso considerada muito alta. No caso de revascularização do miocárdio, popularmente conhecida como ponte de safena, a taxa de sucesso é acima de 97%.

IMG-48.jpg