Vou precisar de um implante de marcapasso. E agora?

Quando o coração bate menos vezes do que o normal (condição conhecida como bradicardia), a pessoa pode sentir falta de ar, fadiga e até desmaiar. Para corrigir o problema, é indicada a cirurgia de implante de marcapasso. O procedimento é simples, não requer anestesia geral e você pode voltar para casa em até 24 horas.

O marcapasso é um pequeno aparelho eletrônico, que regula os batimentos cardíacos por meio de um gerador de pulso e condutores elétricos. Para inseri-lo, não é necessário fazer uma cirurgia de coração aberto. A anestesia é local, apenas para deixar a pessoa tranquila e sonolenta. O cirurgião faz uma incisão de cerca de 5 cm na altura do tórax, insere o marcapasso, programa o ritmo dos batimentos e fecha a abertura.

Depois da cirurgia, você deve ficar no hospital apenas para observação. Normalmente, a liberação para ir para casa acontece no dia seguinte. Em alguns casos, o médico pode pedir que você limite os movimentos do braço durante os dias seguintes ao procedimento. Uma pequena saliência pode ser vista no lugar em que foi feito o implante, mas os cabos são muito finos e não podem ser vistos sob à pele.

Depois do implante, posso voltar a ter uma vida normal?

O marcapasso permite que muitas pessoas possam voltar a praticar praticar exercícios, por exemplo. Só evite realizar atividades que tenham risco de queda, pois pode danificar o aparelho. Em aeroportos e bancos, não deixe de avisar a segurança de que você tem um implante no coração. Os componentes eletrônicos do marcapasso podem fazer detectores de metal apitarem. Alguns procedimentos médicos requerem cuidado extra em função do aparelho, por isso sempre avise o profissional de saúde sobre o seu marcapasso.

É preciso cuidar da saúde sempre. Fale com seu médico sobre suas condições e nunca deixe de fazer o check-up!